29/09/06

Desnatação do creme

"A desnatação do creme" é a tendência dos gestores para ignorarem os aspectos de uma política de avaliação da eficácia que podem prejudicar os seus scores. Por exemplo, uma organização pode decidir prestar bens e serviços apenas aos utentes menos dispendiosos ou mais "atraentes" para as medidas de eficácia. É o que ocorre quando um hospital, para diminuir os tempos de permanência dos doentes, recusa ou se "liberta" de doentes que necessitam de mais tempo e que mais gastam.


PERCEBERAM ! TUDO ISTO É TRISTE, TUDO ISTO É FADO, TUDO ISTO SÃO... OS NOSSOS QUERIDOS E BEM AMADOS GESTORINHOS NOMEADOS SOCRÁTICAMENTE.

( Podem ler o artigo completo carregando no título do post)

28/09/06

Vamos precisar não tarda nada.....

Se isto continua assim.... ainda temos de recorrer ao FUKITOL

27/09/06

Taxas moderadoras para o internamento


O sr. Ministro da Saúde já decidiu que as taxas moderadoras para o internamento vão entrar em vigor em 2007. O que mais me espanta é a fundamentação da decisão.

Diz esse senhor : "Se o cidadão estiver a pagar uma pequena taxa de internamento por dia, ele próprio incentiva o hospital, aqueles que o tratam, a se não houver necessidade, a libertarem-no para ir para casa”.


Este parte do princípio que o médico interna um doente sem necessidade, portanto só para se divertir, e que o doente fica internado porque é de borla, portanto pouca uns cobres .



Sr. Ministro têm de ter coragem, e não se acanhe de tomar medidas radicais: Proiba os médicos de internarem doentes . Vai ver como poupa imenso dinheiro. Mais, proiba até de o SNS ter médicos , enfermeiros , etc etc. essa cambada toda que só quer ganhar dinheiro. Bastam economistas gestores e juristas, para a situação económica da saúde ficar logo equilibrada .

Pronto se considerar este conselho muito radical, sugiro que nomeie lá uma comissãozita para saber quais as doenças que facultam internamento , em que fase da doença, os exames que os médicos podem pedir e os que estão proibidos pelo seu custo. E com um programinha informático, de entrada múltiplas, nem eram precisos muitos gastos. Apenas e só um médico, o Director Clínico, que conferia todos os resultados do computador à posterior claro, em horário reduzido.

Também que a mortalidade era elevada mas, vejam as vantagens: poupa-se nas reformas, logo equilíbrio da Segurança Social; a Saúde fica por natureza equilibrada e tudo o resto também. Assim, pode diminuir o IVA e os impostos. Tá bem que aumentam os coveiros e as agencias funerárias mas, sempre se criam uns postos de trabalho, cumprindo assim as promessas eleitorais feitas ao povo.

Isto é politica de saúde socialista no seu esplendor.

26/09/06

Vão-nos pôr a todos a pedir


DESPESAS DO GOVERNO SÓ COM TELEMÓVEL EM 2006 (VALORES EM EUROS)

Vieira da Silva, Ministério do Trabalho e da Segurança Social: 48 000
Manuel Pinho, Ministério da Economia e da Inovação: 48 000
Mário Lino, Ministério das Obras Obras e Telecomunicações: 39 904
Isabel Pires de Lima, Ministério da Cultura: 38 000
Nunes Correia, Ministério do Ambiente: 36 000
Severiano Teixeira, Ministério da Administração Interna: 35 046
Luís Amado, Ministério dos Negócios Estrangeiros: 33 250
Correia de Campos, Ministério da Saúde: 32 000
Teixeira dos Santos, Ministério das Finanças: 25 000
Alberto Costa, Ministério da Justiça: 24 493
Jaime Silva, Ministério da Agricultura: 20 000
António Costa, Ministério da Administração Interna: 20 000
Pedro Silva Pereira, Ministério da Presidência da República: 18 360
Augusto Santos Silva, Ministro dos Assuntos Parlamentares: 17 256
Maria de Lurdes Rodrigues, Ministério da Educação: 15 600
Mariano Gago, Ministério da Ciência e da Tecnologia: Não há registo


O gabinete do primeiro-ministro dispõe de 219 090 euros para despesas em chamadas de telemóvel até ao final deste ano.

Ps 1 - COMO É QUE ELES PODEM GOVERNAR E PENSAR COM TANTA RADIAÇÃO NO COCORUTO!
Ps 2 - SÓ AGORA É QUE PERCEBI, A RAZÃO DA PJ/MP FAZEREM TANTA ESCUTA TELEFÓNICA !

25/09/06

Tô farta deles


O Funcionário Público é actualmente " o bode respiratório" do regime sócratico. Não há comissão, comissãozinha e grupo de trabalho que não bata no FP.

Tô mesmo muito farta deles.

A menina Idalina têm uma proposta :

Vamos deixar de pagar a deputados, autarcas, presidentes de junta, vereadores , gestores gestorinhos, partidos, comissõezitas, que recebem do nossos impostos, balurdios, para dizerem vamos acabar com os FP. ( calhando, nem tinhamos déficit)

Como o exercício de um cargo público é pôr o saber ao serviço do bem comum, ganhariam apenas o seu ordenadozito do trabalho que tinham.

Bom, faziam logo o gesto da foto.

Mas, nós temos de os aturar, mandando palpites e destilando ódios para com os funcionários públicos .
Igualmente ....Obrigada!

24/09/06

Topo de Gama Autárquico



A Fátima Isaltino Velentim. ( O Carmona Rodrigues está incontactável na EPUL).

Autarcas II

Mais dois exemplos p' ra sossega, neste domingo chuvoso


Autarcas

Eles andem mesmo chateados com o PM. Estes, e os outros todos, exemplos nacionais querem dinheiro para gastarem em rotundas.

23/09/06

Prece

Estava posta no meu recato para disfrutar o fim-de-semana, quando sou rudemente acordada pela telefonia-despertador, que uma branca se esqueceu de desligar.

Acordei assim com :

1. EPUL/CML administradores vitalícios e ordenados chorudos ( Tempo do Cavaco e PSD que o PS deixou alegremente )


2.Nomeação O sr. Souto Moura, antes de sair para premiar os bons serviços prestados, num mandato tão alegremente brilhante, fez uma linda nomeação .( O PS e PSD deixaram alegramente )


3.Outras Nomeações O pessoal da secreta vai para vários ministérios, a seu pedido.( Eles todos se entendem e o quadro de excedentes não pode ter gente tão bem informada)


4.Ameaças O pessoal do futebol a ameaçar-se impunemente.( A estes tudo é permitido neste Estado de Direito).


Será um pesadelo e ainda estou estremunhada?


22/09/06

EXCEL - esse malvado programa para o MJ


A Procuradoria Geral da República lá deduziu, ao fim de 8 meses, acusação sobre o envelope 9.
A culpa é, obviamente dos jornalistas, mesmo que o processo que estes consultaram não tivesse em segredo de justiça e os elementos fossem diaponibilizados e aí integrados pelo MP.

Mais, no comunicado à imprensa disse que tinha sido efectuada uma investigação muito célere. ( 8 meses e um PR depois ).

A desgraça é ninguém saber trabalhar com EXCEL.

Donde devia ser acusado também a Microsoft, e pedir-se uma indemnização , que seria canalizada para financiar o combate à corrupção, dado o MJ/ PGR não ter dinheiro e formação profissional para não serem enganados de forma tão grosseira.

21/09/06

Pobre cabeça confusa


O Governo aprovou hoje, na generalidade, um decreto que exige aos trabalhadores da Administração Pública uma declaração emitida pelas entidades competentes do Serviço Nacional de Saúde (SNS) para justificarem as suas faltas por doença.
O governante negou que a medida pretenda "poupar no pagamento de subsídios de doença", vincando que a lógica que presidiu ao diploma "foi a da necessidade de convergência entre o regime de justificação de faltas na Administração Pública e o regime geral que vigora no país".

Estou com dúvidas e gostava tanto de perceber:

1. Atão a Função Pública não têm como subsistema de saúde a ADSE?

2. Ora, não tem de ser o médico da ADSE a confirmar , segundo a lei, os atestados apresentados ?

3. Se os médicos da ADSE não prestam, e a FP têm de recorrer ao SNS, como é que os Centros de Saúde e Hospitais vão poder atender os doentes se temos listas de esperas enormes na maioria das especialidades.

4. Porque é que o Estado não cumpre a lei e se obriga a ter medicina do trabalho?

O GOVERNO ACHA QUE OS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS SÃO: PREGUIÇOSOS ATÉ À 5ª CASA; CONVENCIDOS E CHEIOS DE MANHA, OPORTUNISTAS, A FAZER DOS OUTROS PARVOS COM A SUA ESPERTEZA SALOIA E SAFAR-SE DE QUALQUER FORMA .

COITADO DO GOVERNO, CONFUNDIU FUNCIONÁRIO PÚBLICO COM POLÍTICOS .

A não Perder

19/09/06

Férias em Agosto no Spa - SNS


O sr. Ministro da Saúde vai-nos por a pagar o internamento e a cirurgia de ambulatório, para moderar o acesso aos serviços ( sic) .

Isto não se faz.

Cá para mim , quem me tira o mês de Agosto de internamento tira-me toda a alegria.



É sempre tão bom, ficar deitada numa maca no corredor, e ter como mesa de cabeceira uma cadeira, onde amorosamente se coloca o urinol/ arrastadeira, uma garrafa de água, a banana, sim porque quando estamos internados a banana é fundamental, faz parte das prendas que as visitas levam sempre, e uma florzinha dentro de uma garrafinha de plástico.
Depois, estamos num ambiente muito à vontade, sem grilos nas cabeças, sim porque senão não poderíamos estar assim meias despidas, com as camisas que não nos tapam as misérias. Mas como são eles que as lavam , eu sempre poupo as minha , para quando for internada.

Eu reconheço, aquela agitação toda sempre nos distrai, para além ser educativa porque aprendemos espanhol com os enfermeiros, que embora não nos entendam, também não respondem. Não há conflitos.
E também não sei quando me vão mandar tratar a Espanha e assim já sei falar com eles. Olhai o que fizeram com as maternidades.

Ainda o pior é a comida, mas dão sempre peixe e carne alternadamente. Tem uma cor feiosa e escura mas caramba, não podem pôr tomate ou pimentão para dar cor, dado que há sempre alguns que estão mesmo doentes.



Os doutores médicos internam-me sempre para as minhas férias e nem se importam que eu lhes ocupe uma cama e lhes dê cabo da estatística e produtividade. Dizem sempre fique até se sentir bem.... não há problema.


São mesmo simpáticos e gostam de semanalmente fazer um apanhado de todas as nossas maleitas , discutindo aquilo que nos aflige. Não os percebemos mas ficamos confortados de tantos e tão bons olharem para nós e por nós.
E quando me dão a alta , venho sempre com uma infecçãozita hospitalar de recordação.

Agora, se me tiram esta alegria, já nem sei viver. De certeza que morro.


Eu, pelo sim pelo não já meti uma cunha à Dr.ª Oligarcília, para falar com as colegas do hospital, (sim porque ela diz que vão ser as Assistentes Sociais a fazer, como antigamente, os escalões mediante o IRS, que determina o que temos de pagar), para poder continuar a passar férias no hospital no mês de Agosto à borla.

Quero lá saber que o Ministro da Saúde não tenha dinheiro. Eu também tenho direito a férias.

18/09/06

Máxima dos Tugas

Referendo ao Aborto

Dizem que vão referendar o aborto em Janeiro.

Pronto, lá vão as galinhas todas novamente debitar o seu moralismos cínico que, entre o arroto ao croquete e ao sumo de laranja, soará a mais um tema fracturante numa sociedade moralmente fundamentalista e hipócrita .

17/09/06

Prémio Professores Trimtrim (PT)

A grande alteração no sistema educativo do Governo PS é a Linha SOS para professores, por causa da violência nas Escolas e o Prémio Nacional, para motivar a classe.

Sensível a Ministra que, dá assim uma mão amiga aos professores , pagando-lhes uma madrinha de guerra,( psicóloga) para que estes possam ter apoio psicológico e como calhando não podem sair de casa, previdente, instituiu -o pelo telefone.

Como as chamadas são de valor acrescentado, quem fizer mais chamadas, será atribuido o prémio de professor do ano trimtrim.

16/09/06

As Secretas

Tá claro, que o sr. PM não podia deixar de pagar casa, ajudas de custo e outras alcavalas às secreta, que nós nunca saberemos quanto vão gastar porque é segredo de estado, e são secretas.

Também temos de compreender que, de tão secretas que são, as marotas, não poderiam viver num bairro de habitação social onde tudo se conhece devido à coscuvilhice dos vizinhos.

O Sol

Fui ler " O sol" . Uma boa merda . Nunca mais o compro tanto mais que me provoca alergias.

15/09/06

Amanhã

Aguenta Trombinhas !
Eu sei que os padrinhos parecem o governo a fazer promessas. Mas amanhã é o dia D.

Acabou a silly season ...

Só para rir ...

Não há corrupção no futebol; temos um vazio legislativo; e andou-se a brincar aos apitos......

SIADAP - Dúvida existêncialista

Na avaliação dos Funcionários Públicos quem é a chefia hierarquica dos Capelão? Quem lhe define os objectivos ,e quem o irá notar?
Aceitam-se sugestões.


14/09/06

A Serenata dos Gatídeos

O Cisco, a Dunga e o Gaspar, combinaram fazer-te uma "serenata" . Vestiram-se a rigor e prepararam-se, ensaiando afanosamente .

Porém, deixaram os instrumentos de lado, assim que lhes cheirou a bolo de anos.

Ficou todavia, o momento registado para a prosteridade.

Do Gaspar ...

O Gaspar também quis associar-se à efeméride.
Muitos miaus de parabéns.

13/09/06

Para a B. que faz hoje anos

PARABÉNS. HUGXINHOS

Ainda o Pacto

O PS e o PSD emperraram no acordo em matéria de corrupção em virtude de ambos reconhecerem a lei que é muito boa e que o que falta são meios para a fazer cumprir.


Assim, a falta de meios na PJ e outras Polícias afins, matéria que até já deu a demissão de um Director Nacional da PJ, não foi consensual dado que :


O PS desejava motas , porque mais fácilmente apanhavam os prevaricadores em excesso de velocidade, e aliás, era coerente com o desejo de diminuir o limite máximo de velocidade na auto-estrada de 120 km para 118Km/ hora . E eles são muito coerentes.


O PSD considerava os carros mais adequados à tarefa e dignificava a função e faziam cumpriam na plenitude as tarefas que lhe seriam confiadas, impedindo em simultâneo, a Opel da Azambuja de se deslocalizar, mantendo os postos de trabalho que tanta falta fazem.

E eu a pensar que era por causa da Isaltina Felgueiras e da Fátima Valentim, ou seria Fátima Morais e Isaltino Loureiro...não ! era Fátima Loureiro e Isaltino Valentim .

Bom, já não sei... e isso não interessa nada, que eles todos misturam-se muito bem e são todos amiguinhos . Até mandam beijocas uns aos outros.

12/09/06

Acordo para a Justiça


Bem se esforçaram estes duas almas mas, não chegaram a acordo em matéria de corrupção, no famigerado acordo para a Justiça, que teve direito a lançamento com pompa , circunstância e assinaturas em cada folha do mesmo.

Porque terá sido?

A Menina Idalina sabe, melhor dizendo, suspeita fortemente.
Todavia, aceitam-se ideias maduras sobre a ocorrência, dado as causas serem muitas e variadas.

Dá-se o primeiro palpite: Isaltina Felgueiras !

11/09/06

Os miminhos

Os miminhos Dr. Baril da Cunha por causa da música do Centro de dia !

Fundamentalismos

Este mundo, não é mais que um imenso negócio que se está marimbando para todos nós!
Não podemos deixar passar nada sem avaliar bem a importância , esse valor capital sob o qual resplandecem todas as mortíferas hipocrisias da nossa sociedade.
Quando os grandes deste mundo se resolvem a amar-nos, é porque decidiram transformar-nos em carne para canhão.

09/09/06

Absolutamente irresistível

Islão versus Cristianismo, que roubei ao Diário Ateísta - o link está no título

08/09/06

Correia de Campos - Ministro ou Professor?

Ano decisivo para o SNS.


Se a teoria não chega, vamos aos números: nos últimos três anos, o Serviço Nacional de Saúde consumiu dois orçamentos rectificativos, cada um deles com o valor de 1,8 mil milhões de euros, e o Orçamento do Estado para 2006 incorporou, à partida, mais 1,8 mil milhões, para chegar ao impressionante montante de 8,7 mil milhões de euros.

É muito? É pouco?

Depende, mas uma coisa é certa: no actual estado em que estão as finanças públicas, e olhando para o crescimento da economia previsto para os próximos anos, é, pura e simplesmente, incomportável.

O ministro da Saúde é o primeiro a sabê-lo.Estudioso do sector há várias décadas, Correia de Campos reconhece que o destino fez descer sobre ele uma hipótese num milhão: estar à frente do Ministério da Saúde num momento de viragem para o SNS; estar solidamente suportado por uma confortável maioria parlamentar; e fazer parte de um Governo socialista – o que dá sempre jeito antes de começarem as reuniões com os sindicatos.

A primeira vitória de Correia de Campos aconteceu quando convenceu o ministro das Finanças em 2005, Campos e Cunha, a dar-lhe o Orçamento considerado necessário, ou seja, mais 26,5% do que o seu antecessor tinha recebido. Com um Orçamento realista pela primeira vez em muitos anos, o ministro tinha um só desafio: fazê-lo cumprir.


O peso da tarefa não é despiciendo.

Assim se percebe a extemporaneidade de dizer que a culpa de aumentar, e muito, os pagamentos dos cidadãos, recairia sobre as administrações hospitalares se estas furassem o orçamento. Era simplesmente uma forma de pressão que, parece, está a dar frutos.

A dúvida que se instala é: o país aguenta dar quase nove mil milhões de euros para a Saúde todos os anos? E é sobre esta pergunta que o relatório sobre a sustentabilidade do financiamento do SNS, hoje divulgado pelo DE, incide. Sem respostas concretas – isso fica para Outubro – o documento deve ter posto o ministro a pensar. Não porque não conhecesse já as sete alternativas, mas porque… parece que não há mais.

Encontrará o professor Correia de Campos uma resposta para dar ao ministro Correia de Campos?
Mário Batista - Diário Económico - 5/09/2006

Comentário da Menina Idalina :

Por isso é que o Professor Correia de Campos já disse ao Ministro Correia de Campos que deve aumentar os impostos . Segue assim, as pisadas do PM Sócrates, para encontrar a solução mais fácil. A mais difícil, que passa pelo rigor e se calhar pela demissão e responsabilização de muitos CA, não terá coragem. Em bom rigor , também foi ele que os escolheu ....

Pacto da Justiça do Centralão


O PS e o PSD, deram cabo da Justiça, alternadamente , sempre que foram governo. ( Não esquecemos a contribuição preciosa do CDS/PP. )


Agora, perceberam que, em conjunto, resolviam melhor a situação.

Vai daí , os líderes reuniram-se e estabeleceram um pacto em segredo. Que cabeças .... só é pena nunca se terem lembrado antes mas, também é verdade, que as vergonhas eram encobertas e geridas lá dentro.


No segredo dos Deuses, deixaram de fora tudo e todos, resolvendo entre si todas as aparentes divergências.

Deixaram de fora todos os operadores da justiça, mas esses só existem para obedecer a ordens, como deve acontecer a um bom funcionário público.

Deixaram de fora aquele pessoal da Assembleia da República, vulgarmente chamados de deputados. Verdade, verdadinha que esses só o são, porque pertencem ao partido e têm de defender o tacho, tendo vendido a sua consciência, no acto de inscrição.

(Eles só são precisos para pôr a mão no ar no acto da votação. É por isso que eu concordo com a redução do parlamento a um deputado por partido, que votava consoante as ordens do chefe. Bom, já não era preciso aumentar os impostos para colmatar o déficit , porque logo aí se poupava muito dinheiro).

E pronto, contentinhos e em conjunto , provávelmente a Justiça não melhorará.... mas estão todos de acordo.

Sempre desconfiei destes consensos alargados e unânimes.
Democracia não é isto.
Mas, Portugal é um país muito "sui generis".

07/09/06

CML - Roda Gigante - EPUL - BE

A CML ao acabar com a Feira Popular impedindo assim os pobres de um divertimento barato, e que até dava receitas à colónia balnear " o Século" patrocinadora da colónia de férias para os filhos dos pobrezinhos, obrigou-os a fazer uma roda gigante para colmatar tal lacuna na cidade.

O licenciamento do empreendimento foi negociado com a CML, num protocolo efectuado com o patrocínio da Segurança Social, sendo que a receita da venda de bilhetes a favor da EPUL, para pagamento dos prémios dos gestores nomeados.

O vereador do BE protestou informando, em comunicado de imprensa, que irá meter uma providência cautelar, dado que não ter sido feito o estudo de impacto ambiental .

Carmona Rodrigues, confrontado, refere que o BE não fomenta a criatividade, o espírito de iniciativa e empresarial dos pobrezinhos lisboetas.

Farmácias



É por causa destes pequenos papelinhos entregues discretamente na farmácia pelas mãos inocentes dos filhos menores de casais nortenhos, que eu acho que os farmacêuticos são muito importantes.

Não se poderia confiar em empregados do supermercados , que não saberiam dizer ao infante que a mãe queria uma medicamento para a tosse ou dor de cabeça.

06/09/06

Oficinas de S. José II

( Modelo oficial das OSJ)


A Oficina S. José proíbe rapazes de falar com assistentes sociais, alegando que a
instituição está de luto porque o seu director se matou.

Hipocrisia beata, porque a instituição não ficou de luto pelo assassínio de um cidadão, praticado por menores que estavam à sua guarda.

A Dr.ª Oligarcília, que é a Assistente Social do nosso Centro de Dia, para além de nos ter logo dito qual seria o rumo dos acontecimentos que nós aqui referimos num post, está incrédula e revoltada, com o silêncio dos responsáveis da Segurança Social, perante a hipocrisia das Oficinas de S. José.

Lamenta que as Assistentes Sociais não se unam e lutem pela dignificação da profissão. Para ela, qualquer Assistente Social de honra deveria recusar-se a trabalhar nas Oficinas de S. José, após o despedimento efectuado.

Nem vale a pena recorrer aos orgãos representativos das Assistentes Sociais , dado os seus presidentes serem sempre nomeados para altos cargos na Segurança Social, et pour cause, calados/as definitivamente.

Diz que ainda há-de vir a lume , que o caso Mateus se deve ao facto de uma Assistente Social se ter metido na Liga e Federação Portuguesa de Futebol, a pedido da Segurança Social, e denunciado os maus tratos, quando fazia parte da Comissão Protecção das Canelas dos Jogadores( CPCJ).

Parabéns ao PM

Hoje , o sr. PM faz anos. Rezam as crónicas do reino que faz 49 aninhos.
Já estou preparada, com o meu vestido xuxialista, para a festa que vai haver no Largo do Rato. Só espero que a namorada não vá de Floribella, porque eu perderia todo o meu glamour.

05/09/06

O Moisés e o Trombinhas

A prepararem-se para a visita dos padrinhos

O Alcaide


A Espanha :


- Vamos parir , porque é mais barato e tem melhores condições .
- Vamos abortar, porque por cá a lei não o permite.
- Vamos às compras e à gasolina, porque é muito mais barato.
- Emigramos para Espanha, porque lá se ganha mais dinheiro.
- Mandamos tropas para o Líbano, o comando é Espanhol

Continuem assim, que não tarda nada, somos mesmo uma província espanhola e Sócrates o " Alcaide".

04/09/06

Dúvida

Este sr., que também é presidente de um clube de futebol, diz que mandou um dossier para a Procuradoria Geral da República, que relata de forma pormenorizada vários casos do futebol nacional, com particular destaque para o megaprocesso do ‘Apito Dourado’.

Se for como a averiguação do envelope 9, estamos conversados.

Ainda não estou em mim ...

O JC fumador a confessar o seu pecado numa noite de fados, ao redactor de Serviço do HSM , que só tem olhos para a sua amante.

Dão-nos cabo do imaginário e das convicções : O JC não aparece aos santos...

03/09/06

Noite de Fados - Uma pérola do HSM


Encontrei esta pérola no site do Hospital de Santa Maria .
( carreguem no nome do post e terão acesso integral a este naco de prosa.)


Refere-se a uma noite de fados e o sr. Carlos Gamito descreve assim o evento :

"O adormecer suave do Sol naquele dia 16 de Dezembro de 2005, abriu as portas a uma noite transparente mas muito fria.

No céu, iluminado pelas muitas estrelinhas que salpicavam a imensidão do universo, passeavam-se vagarosamente imensos rolos de fumo.

Era um fumo que se misturava com a candura do espaço celeste.

Era o fumo dos cigarros fumados por Deus.

Sim, porque Deus também fuma.

Foi Ele que me disse.

Só que o fumo dos cigarros fumados por Deus, é cândido.

É puro.

É imaculado.

São só finíssimas partículas expelidas pela combustão do seu ardente Amor pelos Homens da Terra.

Já o fumo dos cigarros que eu fumo, é negro.

É um fumo sombrio e que arrasta a vida para as trevas do desconhecido.

Mas desconhecida não ficou aquela noite de 16 de Dezembro de 2005.

Foi uma noite, que por ser de noite, se cantou o fado.

Foi uma noite vestida de volumptuosos xailes, brilhantes lantejoulas e também por reluzentes reflexos derramados pela luz terna e meiga da minha amante, a Lua. "

Aposto que ainda lhe pagam por cima.

E se quereis outra peróla , basta ler o relato do 5º Concerto de Solidariedade , em que este descreve o pianista da seguinte forma :

"Miguel Oliveira, pianista, sem preocupação de traje - o traje está na arte que veste o artista - apresentou-se com uma acentuada curvatura de espinal." LINK (para a ler o relato completo do referido concerto e a pedido de várias famílias)

Ora tomem lá, palavras para quê... Isto é um Hospital EPE.

Tragédia

Este desespero pelo divertimento cheira a decadência. Se há algo de apocaliptico, é este viver como se amanhã não houvesse mundo e só nos restasse dissimular a tragédia.

02/09/06

Até que enfim....



O governo do sr. Sócrates resolveu aplicar uma licença para os pescadores recreativos. Bom , mas que fina perspicácia que este apresenta . Eu sempre achei que ele ia longe.

Com esta medida , de uma penada só, revitaliza :

* ACTIVIDADE COMERCIAL - porque fomenta as peixeiras que se encontravam em extinção. O declínio desta actividade comercial, por as famílias não comprarem peixe devido à pesca do jantar à borda da marginal, fica assim incrementada novamente .

* TURISMO - mantendo a especificidade dos bairros antigos da cidade como Alfama, Mouraria , Madragoa etc. bem como a animação da noite Lisboeta , que tanto turista trás a Portugal. Uma boa peixeirada atrai sempre mirones . To mesmo a ver , as peixeiras deixarem-se fotografar por dois euros, fazendo pose estudada pelas empresas de marketing num "recuerdo" imortalizado, deste cantinho à beira mar plantado.

* INDÚSTRIA PESQUEIRA - o declínio fica assim travado evitando que se abatam mais barcos de pesca em Portugal. O alimentar o comércio das peixeiras é a revitalização que a indústria precisava .

* PSP E GNR - que adquirem mais uma competência, nomeadamente de passar multas a quem pesque sem licença, podendo sempre nas estatisticas anuais, meter mais este índice de produtividade .

* FINANÇAS- com esta medida o déficit ficará mais pequeno porque a entrada de dinheiro das licenças, é significativa . Está bem que necessitam de impressos , pessoal para passar as licenças e tudo o resto mas, sempre dá para pagar a gasolina dos carros da PSP e o feno dos cavalos da GNR.

* AMBIENTE - é a parte mais significativa , e aquela que apresenta mais vantagens para além do contentamento das associações ambientalistas . É que sempre que os suinicultores poluirem os rios , não podem alegar que só morreram 2 ou 3 peixes, como agora , sendo o processo arquivado. Os peixes mortos com estas medidas são tantos que poderão aplicar multas significativas às mesmas.

Perante isto, a menina Idalina também sugere uma medida que no tempo de Salazar deu tão bons resultados : A LICENÇA SOBRE OS ISQUEIROS .

Já repararam as vantagem que trazia para o Ministério da Saúde na prevenção do Tabagismo, sendo o dinheiro aplicado na compra de carros para os gestores dos hospitais EPE?

Bom já não falando para a indústria fosforeira portuguesa em geral, podendo-se assim aumentar os postos de trabalho e consequentemente evitar a fuga aos impostos.

Com isto tudo, a crise via-se por um canudo e nós seriamos todos felizes ...
Graças a Deus ....

01/09/06

Onde o Estado gasta o dinheiro

Os extras das chefias da Função Pública nomeadas pelo Governo, custam 9 milhões . Isto não se refere a ordenados. São despesas de representação.

Até os chefes de divisão - plataforma distributiva de ordens mal dadas, controleiros esquizofrénico da assiduidade, e subservientes para cima e ditadores para o pagode- têm cerca de 200 euros para representação.


Como os gestores nomeados nunca são capazes de trabalhar com o pessoal da instituição, vão integrando as suas cunhas de confiança, que aumentam assim o número de funcionários e os gastos. Sim, porque o pessoal de confiança desses gestores, para trabalhar precisa de incentivo, que no caso é de dinheirinho vivo de todos nós, e são todos muuuuiiiiito necessários.

O apertar de cinto porém, é sempre para os mesmos.

6ª feira

Vamos todos, cá no Centro de Dia, ver o DJ dog.