19/09/06

Férias em Agosto no Spa - SNS


O sr. Ministro da Saúde vai-nos por a pagar o internamento e a cirurgia de ambulatório, para moderar o acesso aos serviços ( sic) .

Isto não se faz.

Cá para mim , quem me tira o mês de Agosto de internamento tira-me toda a alegria.



É sempre tão bom, ficar deitada numa maca no corredor, e ter como mesa de cabeceira uma cadeira, onde amorosamente se coloca o urinol/ arrastadeira, uma garrafa de água, a banana, sim porque quando estamos internados a banana é fundamental, faz parte das prendas que as visitas levam sempre, e uma florzinha dentro de uma garrafinha de plástico.
Depois, estamos num ambiente muito à vontade, sem grilos nas cabeças, sim porque senão não poderíamos estar assim meias despidas, com as camisas que não nos tapam as misérias. Mas como são eles que as lavam , eu sempre poupo as minha , para quando for internada.

Eu reconheço, aquela agitação toda sempre nos distrai, para além ser educativa porque aprendemos espanhol com os enfermeiros, que embora não nos entendam, também não respondem. Não há conflitos.
E também não sei quando me vão mandar tratar a Espanha e assim já sei falar com eles. Olhai o que fizeram com as maternidades.

Ainda o pior é a comida, mas dão sempre peixe e carne alternadamente. Tem uma cor feiosa e escura mas caramba, não podem pôr tomate ou pimentão para dar cor, dado que há sempre alguns que estão mesmo doentes.



Os doutores médicos internam-me sempre para as minhas férias e nem se importam que eu lhes ocupe uma cama e lhes dê cabo da estatística e produtividade. Dizem sempre fique até se sentir bem.... não há problema.


São mesmo simpáticos e gostam de semanalmente fazer um apanhado de todas as nossas maleitas , discutindo aquilo que nos aflige. Não os percebemos mas ficamos confortados de tantos e tão bons olharem para nós e por nós.
E quando me dão a alta , venho sempre com uma infecçãozita hospitalar de recordação.

Agora, se me tiram esta alegria, já nem sei viver. De certeza que morro.


Eu, pelo sim pelo não já meti uma cunha à Dr.ª Oligarcília, para falar com as colegas do hospital, (sim porque ela diz que vão ser as Assistentes Sociais a fazer, como antigamente, os escalões mediante o IRS, que determina o que temos de pagar), para poder continuar a passar férias no hospital no mês de Agosto à borla.

Quero lá saber que o Ministro da Saúde não tenha dinheiro. Eu também tenho direito a férias.

4 comentários:

Dr.Baril Catita da Cunha disse...

Eu cá,com o calor que esteve,passei o mês de Agosto na secção de congelados do Feira Nova.
Uma frescura que se recomenda.

bê disse...

ummmm----políticas públicas moralistas e injustas.
já (não) tinha saudades!

Anónimo disse...

esta ironia é deliciosa

Menina Idalina disse...

ora, cada um têm as férias que pode pagar !