02/09/06

Até que enfim....



O governo do sr. Sócrates resolveu aplicar uma licença para os pescadores recreativos. Bom , mas que fina perspicácia que este apresenta . Eu sempre achei que ele ia longe.

Com esta medida , de uma penada só, revitaliza :

* ACTIVIDADE COMERCIAL - porque fomenta as peixeiras que se encontravam em extinção. O declínio desta actividade comercial, por as famílias não comprarem peixe devido à pesca do jantar à borda da marginal, fica assim incrementada novamente .

* TURISMO - mantendo a especificidade dos bairros antigos da cidade como Alfama, Mouraria , Madragoa etc. bem como a animação da noite Lisboeta , que tanto turista trás a Portugal. Uma boa peixeirada atrai sempre mirones . To mesmo a ver , as peixeiras deixarem-se fotografar por dois euros, fazendo pose estudada pelas empresas de marketing num "recuerdo" imortalizado, deste cantinho à beira mar plantado.

* INDÚSTRIA PESQUEIRA - o declínio fica assim travado evitando que se abatam mais barcos de pesca em Portugal. O alimentar o comércio das peixeiras é a revitalização que a indústria precisava .

* PSP E GNR - que adquirem mais uma competência, nomeadamente de passar multas a quem pesque sem licença, podendo sempre nas estatisticas anuais, meter mais este índice de produtividade .

* FINANÇAS- com esta medida o déficit ficará mais pequeno porque a entrada de dinheiro das licenças, é significativa . Está bem que necessitam de impressos , pessoal para passar as licenças e tudo o resto mas, sempre dá para pagar a gasolina dos carros da PSP e o feno dos cavalos da GNR.

* AMBIENTE - é a parte mais significativa , e aquela que apresenta mais vantagens para além do contentamento das associações ambientalistas . É que sempre que os suinicultores poluirem os rios , não podem alegar que só morreram 2 ou 3 peixes, como agora , sendo o processo arquivado. Os peixes mortos com estas medidas são tantos que poderão aplicar multas significativas às mesmas.

Perante isto, a menina Idalina também sugere uma medida que no tempo de Salazar deu tão bons resultados : A LICENÇA SOBRE OS ISQUEIROS .

Já repararam as vantagem que trazia para o Ministério da Saúde na prevenção do Tabagismo, sendo o dinheiro aplicado na compra de carros para os gestores dos hospitais EPE?

Bom já não falando para a indústria fosforeira portuguesa em geral, podendo-se assim aumentar os postos de trabalho e consequentemente evitar a fuga aos impostos.

Com isto tudo, a crise via-se por um canudo e nós seriamos todos felizes ...
Graças a Deus ....

2 comentários:

Sr.Valter Ego disse...

Repare,a indústria fosforeira está a ganir.Com as árvores que ardem, desaparece a matéria prima de 95% do fósforo - fica só a cabeça,o que em Portugal não quer dizer grande coisa.Por mim,sou a favor de fósforos alternativos,o melhor ainda é perguntar ao Sr.Marcelo ou ao Sr.Rogeiro.Esses sabem tudo.

Menina Idalina disse...

Bom , vou providenciar tamanha informação.
Mas a mim parece-me que na cabeça do fósforo é que reside o problema, porque podemos fazer o pauzinho de plástico. Arde muito melhor, e simultaneamente incrementamos a indústria de moldes .