03/01/09

Vou a Veneza... Volto já para continuar a (des) governar !


Ir para Veneza passar o fim-de-ano pode ser o sonho romântico de muitos mas, não está ao alcance de qualquer um.

Neste momento de crise em que o desemprego assola este país pobre, onde o sentimento de impunidade face à corrupção, ao compadrio, à cunha e ganhos absolutamente pornográfico de alguns de alguns se instalou vigorosamente entre nós; num país que todos os dias se fala da forma como mais um gestor, utilizou o seu lugar para mordomias várias e ganhos suplementares ilegais; Num país onde a justiça arquiva processo face a suspeitas de corrupção por prescrições várias e acaba não punindo os prevaricadores; Num país cuja distribuição da riqueza gerou um fosso de desigualdades abismal entre os mais ricos e os mais pobres; Num país onde 20% vive abaixo da pobreza ... Neste país chamado Portugal , o Primeiro Ministro foi para Veneza passar o fim -de-ano com a sua família .


Sr. Sousa a sua vida privada é consigo, nada tenho a ver agora deixe que lhe diga: O senhor não tem nem perfil nem ética para estar a frente deste país . Deixa-nos com a sua governação mais miseráveis e pobres. Acresce que lhe falta uma coisa essencial que políticos de verdade sabem o significado : A noção ética do bem comum. Estar ao serviço de todos não ao serviço de alguns nem de si próprio.

Neste momento de crise, o senhor pisga-se para Veneza dando assim o exemplo mais completo como se está nas tintas para tudo o que aí vêm, excepto para o seu bem-estar e o seu prazer. Não ... não desejava que VEXA passasse o Natal ou o Ano Novo junto aqueles que nada têm, gostaria só que não ostentasse nem nos atirasse à cara a sua falta de ética a sua indiferença, a sua mais completa falta de sensibilidade social.

O sr. nunca deixará de ser um provinciano medíocre e oportunista.É um narciso , e os narcisos morrem a olhar para o seu próprio umbigo .

4 comentários:

Ana Camarra disse...

Podia lá ficar no fundo do CAnal ou como Gondoleiro sempre cantava para outros...


Beijos

Menina Idalina disse...

OLha ... concordo plenamente contigo porque ficava tão bem perto do pastor alemão e do Berlusconni. Mas o nosso azar é que o bilhete de avião era de ida e volta .

BJ

toutaver disse...

Mas qual família? Eu li que o homem foi em 'lua-de-mel'.

:D

Menina Idalina disse...

Foi em Lua -de- mel com a namorada e os filhos. Isto prefaz uma família reconstituida não oficial.