02/01/09

Eu também concordo

"A CGTP exigiu o pagamento aos trabalhadores que foram despedidos nos últimos 15 anos. A Intersindical afirmou que a dívida chega aos 191 milhões de euros, afectando, pelo menos, 20 mil trabalhadores e 714 empresas." in TSF

E eu concordo. É da mais elementar justiça que, no caso das empresas falidas, os credores privilegiados sejam os trabalhadores e só depois, se sobrar dinheiro com a venda da massa falida, sejam ressarcidos os outros credores.

É absolutamente inconcebível que se pague prioritariamente aos bancos, custas judiciais e os honorários dos liquidatários da empresa, e os salários em atraso e indemnizações fiquem sempre em último lugar, sendo que na prática significa, que não recebem porque não há dinheiro para pagar.

Ora aqui está uma medida que devíamos todos obrigar o Estado a legislar. Sim, porque já todos percebemos o que os bancos andaram a fazer e como ....portanto, quem paga a especulação do BPP, tem por obrigação moral e ética pagar estes créditos aos trabalhadores em caso de falência das empresas .

3 comentários:

Anónimo disse...

Concordo plenamente com sugestao da MeninaIdalina.E voces ano acham?

'Capuchinho Vermelho' disse...

Eu tb concordo plenamente mas os srs que nos desgovernam têm um qq curtocircuito no último andar e vêm sempre o filme ao contrário.

Menina Idalina disse...

Pois ... olham só para os seus interesses !
Cuidado Capuchino Vermelho, olhe que eles são lobos maus !