07/11/08

Cantemos o hino do nosso primeiro

Os meus computadores
Em nada são iguais
E até o Hugo Chavez
É deles que gosta mais

Até o Hugo Chavez
É deles que gosta mais
Os meus computadores
Em nada são iguais

Abro o Excel e aparece
O Orçamento, que ternura
Tão leve que até parece
Fruto da minha loucura

Mas o Word ciumento
Quer brilhar na sua vez
Neste texto que é bem técnico
Ele corrige o inglês

Refrão

Os meus computadores
Em nada são iguais
E até o Hugo Chavez
É deles que gosta mais
Até o Hugo Chavez
É deles que gosta mais
Os meus computadores
Em nada são iguais

E minha mão sobre o rato
Sem saber o que fazer
Imprimo outro diploma
Pr'aumentar ao meu saber

Que o Magalhães não encrave
Eu já pedi tanta vez
Pois enquanto ele trabalha
Faz feliz um português

Lalala-rala-ralalaLalala-rala-ralaLalala-rala-ralalaLalala-rala-ralaLalala-rala-ralala...

4 comentários:

Monica disse...

Jesus... escangalhei-me a rir!!!!! Proponho um karalhoque em terras afonsinas com esta bela cover... :)

Menina Idalina disse...

Mónica: Tá feito . É sucesso garantido connosco no coro .

Isabel Magalhães disse...

Há outro hino de que também gosto muito; é o

'ADEUS Ó VAI-TE EMBORA'! ;)

F Nando disse...

Quando o vi na cimeira lembrei-me: Este gajo tem futuro! Lembram-se do homem da Regisconta? AQUELA MÁQUINA!

Ainda pensei tratar-se de um sktech mas afinal era realidade. TRISTEZA...