15/01/07

Missa sem recibo - Fuga aos Impostos



O Fisco anda mesmo ceguinho.

Parece que o sr. Paulo Macedo mandou dizer uma missa pela Direcção Geral das Contribuições e Impostos.

Logo aqui se levantam duas questões essenciais:

  1. Dado que a Igreja não faz nada de borla, a missa foi paga.
  2. Se pagaram a missa, o Padre não passou recibo.

Donde, é uma fuga descarada aos Impostos, e ainda por cima na cara do " Big Brother " dos mesmos.

Ou anda mesmo ceguinho ou então enferma do duplo padrão, o que eu não acho nada bem, para um homem que deveria ser, pelo cargo que ocupa, e até pelo dinheiro que ganha, absolutamente isento.

Inocência minha... "tasse mesmo a ver"

3 comentários:

CM disse...

A primeira factura passada por um padre vai logo para Fátima a servir de relíquia.
E nesse dia eu passo a acreditar em milagres.

CM disse...

Além disso,a Igreja podia fácilmente criar outro dogma.
O da Imaculada Facturação.

Menina Idalina disse...

Será então feriado Nacional