09/03/09

Confesso que me custa reconhecer !

Sim, até porque eu acho que há soluções para a crise .

Não as que muitos preconizam, nomeadamente o bloco central e os neoliberais agora convertidos ao Estado regulador e intervencionista, só porque este lhes continua a socializar o prejuizo partilhando-o com todos nós, e a privatizar o lucro, em  nome da sacrosanto mercado e outras balelas . 

De qualquer forma na presente entrevista o homem tem razão em alguns pontos, o que me distancia dele é precisamente a solução.

Mas temos de dar a mão à palmatória. Que neste Portugal dos pequeninos alguém diga com todas as letras , aquilo que eu também digo que "O país está ao serviço dos partidos politicos.  Os partidos políticos principalmente o PS e o PSD são básicamente bancos alimentares. A clique, mais alguns aderentes de circunstância,  alguns arrivistas e oportunistas de circunstância vão ter com o partido para tirar dinheiro do estado. Por conseguinte, estes partidos têm de viver na manjedoura estadual . E não se faz nada...."

Se quiserem ver a entrevista ela aqui fica. E olhem que também são identificadas com todas as letras outras questões, principalmente referente à partidocracia vigente.   

Agora, pergunto eu! E será que ainda não estão fartos?  

2 comentários:

PDuarte disse...

não excluas nenhuns partidos.
mesmo naquele em que votas, os da cúpula, se não têm tacho no partido, encabeçam as listas dos outros.
é uma casa de putas como as outras.
um beijo.

ps-gosto deste senhor.começo só a gostar deste senhor.

PDuarte disse...

vou-te roubar esta maravilha.