19/09/07

O ministro não toma as gotas ....




O sr. Ministro da Saúde cá para mim sofre de "falta de vista". É notório já há muito tempo.

Segundo a sua observação míope, o problema das listas de esperas de oftalmologia, resolvia-se“ se cada oftalmologista trabalhasse mais meia hora por dia e fossem realizadas mais 0,6 por cento de cirurgias oftalmológicas diariamente em Portugal ".

Ó sr. Ministro, se o problema é só esse, porque não paga a meia-hora extraordinária ao Drs. de oftalmologia? Resolvia logo o problema .

Sim, porque o controle biométrico da assiduidade dos Drs. nos hospitais, não pode ser só para a entrada, têm também de ser para a saída. Calhando não viu, porque vê mal, todos os ângulos do problema...

Mas, o sr. está a pedir que trabalhem mais meia-hora de borla , é isso?

OH! senhor ministro, porque é que o senhor não trabalha de borla. Trabalha sem o seu ordenado, as despesas de representação, o carrito e a gasolina, e o telefone e etc.

Já viu quanto poupava ao erário público? E mais, estava a prestar um serviço à comunidade. (Bom, no seu caso, dado o que já verificámos, pode voltar para o seu antigo emprego porque como ministro ....não é grande coisa).

Olhe, nós podemos ter listas de espera em Oftalmologia mas, não somos ceguinhos, nem parvos.

1 comentário:

falo disse...

vai buscar! embrulha!
ó ministro da doença ( ou da saúde fora do prazo)