13/04/09

Cábulas !

Estava há dias a falar com um amigo meu nova-iorquino que conhece bem Portugal, e disse-lhe: - Sabes, nós os portugueses somos pobres ...

Esta foi a sua resposta:

Como podes tu dizer que sois pobres, quando sois capaz de pagar por um litro de gasolina mais do triplo do que pago eu?
Quando vos dais ao luxo de pagar tarifas de electricidade, de telefone móvel 80 % mais caras do que nos custam a nós nos EUA?
Como podes tu dizer que sois pobres quando pagais comissões bancárias por serviços bancários e cartas de crédito ao triplo que nos custam nos EUA, ou quando podem pagar por um carro que a mim me custa 12.000 dólares o equivalente 20.000? Podem dar 8.000 dólares de presente ao vosso governo e nós não.
Não te entendo?
Nós é que somos pobres: por exemplo em New York o Governo Estatal, tendo em conta a precária situação financeira dos seus habitantes cobra somente 2 % de IVA, mais 4% que é o imposto Federal, isto é 6%, nada comparado com os 20% dos ricos que vivem em Portugal. E contentes com estes 20% pagais ainda impostos municipais.
Além disso, são vocês que têm “ impostos de luxo” como são os impostos na gasolina e gás, álcool, cigarros, cerveja, vinhos etc, que faz com que esses produtos cheguem em certos casos até certos a 300 % do valor original., e outros como imposto sobre a renda, impostos nos salários, impostos sobre automóveis novos, sobre bens pessoais, sobre bens das empresas, de circulação automóvel.
Um Banco privado vai à falência e vocês que não têm nada com isso pagam, outro, uma espécie de casino, o vosso Banco Privado quebra, e vocês protegem-no com o dinheiro que enviam para o Estado.
Sois pobres onde?
Um país que é capaz de cobrar o Imposto sobre ganhos por adiantado e Bens pessoais mediante retenções, necessariamente tem de nadar na abundância, porque considera que os negócios da nação e de todos os seus habitantes sempre terão ganhos apesar dos assaltos, do saque fiscal, da corrupção dos seus governantes e autarcas. Um país capaz de pagar salários irreais aos seus funcionários de estado e de Empresas ligadas ao Estado.
Deixa-te de merdas, sois pobres onde?
Os pobres somos nós, os que vivemos nos USA e que não pagamos impostos sobre a renda se ganhamos menos de 3000 dólares ao mês por pessoas, isto é mais ou menos os vossos 2000 € . Vocês podem pagar impostos do lixo, sobre o consumo da água, do gás e electricidade. Aí pagam segurança privada nos Bancos, urbanizações, municipais, enquanto que nós como somos pobres nos conformamos com a segurança pública.
Vocês enviam os filhos para colégios privados, enquanto nós aqui nos EUA as escolas públicas emprestam os livros aos nossos filhos prevendo que não os podemos comprar.

Vocês não são pobres, gastam muito mal o vosso dinheiro.


E eu respondi: De facto não somos pobres, somos somente ignorantes, estúpidos e masoquistas por votarmos sempre em políticos incompetentes e corruptos porém, Chico-espertos o suficientes para enganarem o zé-povinho ignorante. Tal como os americanos votaram duas vezes seguidas no Bush. A actual diferença é que vocês agora, talvez tenham aprendido a lição, os "tugas babacas" ainda ponderam a hipótese de votarem novamente Sousa. Ainda não aprenderam a lição .
Se calhar precisamos mesmo de uma cábula ou talvez, quiçá copiar por aqueles que sabem mais. Cá para a menina Idalina, punha estes políticos todos a pão, água e trabalhos forçados pagos ao valor do ordenado mínimo nacional .

6 comentários:

F Nando disse...

Na realidade há coisas que não dá para entender. Não havia dinheiro para nada e de repente há dinheiro para tudo.
Pois não fosse as eleições!...

F Nando disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Isabel Magalhães disse...

Portugal é um país pobre para gente rica.

Ou como dizia o outro: - "Cada país tem o governo que merece".

De vez em quando faço um 'flash back' desde a Fundação e - salvo mui raras e honrosas excepões - fomos sempre mal governados. Isso, mais a nossa proverbial (má) atitude dá o resultado que conhecemos.

Treze disse...

Vai-se votar Sousa porque os outros ainda conseguem ser piores. O que por si só é ridículo...

JP Jacinto disse...

Olá

E assim continua o país, trocando o PS pelo PSD ano após ano, após ano, após ano...

As opções não têm convencido o povo, mas não será altura deste povo mudar. Arriscar a colocar outros no poder?

Estaríamos assim tão pior se o poder fosse para os pequenos partidos?

MPT, Bloco, PPM, PND, PH...

Sim sou suspeito por ser candidato do MPT, mas já não tenho ilusões em esperar nada de diferente dos "grande partidos" com as suas grandes "organizações" onde se distribuem os "grandes cargos" apenas pelas "grandes influências partidárias".

Este ano de 2009 temos 3 eleições, iremos continuar a votar nos mesmos? Estará a maioria dependente deles?

Cada povo tem o governo que merece, será que não merecemos melhor?

cumprimentos

JP Jacinto

Menina Idalina disse...

F Nando: Eu cá resolvia rapidamente o problema da redestribuição da riqueza . Todo o dinheiro que foi para os bancos dividia-o pelos 10 milhões cá do burgo e podiamos pagar as dividas todas e viver melhor e consumir o que no entender deles revitalizava a economia .

I: Concordo . Isto de sermos governados por mediocres e ainda por cima serem os próprios a escolher faz-me pensar ....

Treze - Acho que não será assim tão certo . Mas se calhar sou eu que nem pondero a hipótese de ter de "levar" com mais 4 anos de Socrates . Além disso eu acho o multipartidarismo um bem a preservar .

JP Jacinto : Merecer melhor . Merecemos . Mas temos de ser nós a lutar por expulsar os mediocres .
Durante 40 anos tivemos um partido único. Durante trinta tivemos dois partidos . Eu acho que é tempo de termos mais partidos e deixarmos estes dois dos últimos 30 anos com estes velhos políticos cair da cadeira . LOL